Como Fazemos a Igreja Local Crescer?

O foco desta manhã foram as igrejas locais e isso começou com Monte Sião. A adoração começou com duas canções que foram escritas sobre a terra na qual se estabeleceu essa comunidade profética: “Colônia Bendita” e “Terra, Ah Minha Terra”. Em seguida, todos no santuário mudaram de lugar – mulheres de um lado e homens do outro – para cantar a canção “This Land is Mine“, música tema do filme Exodus em que as mulheres cantam uma parte e os homens respondem cantando outra parte. Foi um reconhecimento poderoso do preço pago por essa terra e pela comunidade que chamamos de Monte Sião.

Após a adoração, uma benção para a igreja local de Monte Sião veio através do estabelecimento de Davi, Talita, Renata e Lucas Pereira na igreja local, reconectando essa família com a família de Monte Sião da qual eles vieram.

Silas começou a Palavra desta manhã falando para todas as igrejas locais representadas na Escola de Profetas descrevendo a igreja local como uma arca cujo propósito é deixar para trás o condicionamento e a corrupção dessa era para nos conduzir até o Reino. A igreja local do Reino precisa ser uma família, com uma mãe e um pai, guiando a todos com amor e conexão com a Companhia Apostólica – uma igreja cujo fundamento seja competência e integridade espiritual e administrativa. Silas fez uma pergunta: “Como você faz uma igreja local crescer?” Não é através de uma campanha de marketing, mas através de integridade e um coração quebrantado. Posição destrói e anula o crescimento de uma igreja local; enquanto família e amor a fazem crescer. Precisamos sair das nossas cavernas com corações e braços abertos, sem amargura ou condicionamentos do Cristianismo; aí sim iremos transformar vidas.

O culto terminou com muitos indo ao microfone para profetizar um novo dia para as igrejas locais no Brasil.

Pastores

Pastores